8.1.3 – PREVENÇÃO DA FLORESTA CONTRA AGENTES BIÓTICOS E ABIÓTICOS

Custo de elaboração do Plano de Gestão florestal ou estudos prévios à execução do projecto

Apoio NÃO reembolsável até 85% + equipamento

Abertura prevista para Novembro

Todo Território Continental

O que é:

Os principais objetivos deste incentivo são: reforçar a defesa da floresta contra danos causados por agentes bióticos e aumentar a resiliência da floresta contra agentes abióticos. – Controlo de espécies invasoras lenhosas

A quem se destina:

Pode beneficiar dos apoios, qualquer pessoa singular ou coletiva, de natureza pública ou privada, de natureza pública ou privada, incluindo as Organizações de Produtores Florestais (OPF), e as entidades gestoras de baldios, detentora de espaços florestais, bem como as autarquias locais e respectivas associações, e as entidades intermunicipais.

O que apoia:

As intervenções a apoiar dizem respeito ao controlo de espécies invasoras lenhosas e à instalação e manutenção de mosaicos de parcelas de gestão de combustível, em povoamentos florestais, exceto para povoamentos ocupados com espécies de rápido crescimento que não sejam consideradas invasoras lenhosas.

Despesas elegíveis:

Controlo de espécies invasoras lenhosas:

  • Intervenções de silvicultura preventiva e de gestão
  • Tratamentos químicos.

Instalação e manutenção de mosaicos de parcelas de gestão de combustível:

  • Redução de densidades
  • Desramações e podas
  • Execução de fogo controlado
  • Controlo de vegetação espontânea
  • Elaboração do Plano de Gestão Florestal (PGF), desde que associado ao investimento.

Requisitos da Candidatura: 

Custo elegível, apurado em sede de análise igual ou superior a 3.000,00 € e uma superfície mínima de investimento contígua de 0,5 hectares.

Níveis de apoio:

 

1) Intervenção ao nível das explorações florestais

 

 

Tipo de beneficiário

Aquisição de equipamento

Outros investimentos

 

Regiões de montanha

 

Outras regiões desfavorecidas

 

Restantes regiões

 

Regiões de montanha

 

Outras regiões desfavorecidas

 

Restantes regiões

 

Todos os beneficiários

 

50 %

 

45 %

 

40 %

 

80 %

 

75 %

 

70 %

 

2) Intervenção de escala territorial relevante

 

 

 

Tipo de beneficiário

Aquisição de equipamento Outros investimentos
 

Regiões de montanha

 

Outras regiões desfavorecidas

 

Restantes regiões

 

Regiões de montanha

 

Outras regiões desfavorecidas

Restantes regiões
Municípios, entidades gestoras de ZIF, entidades gestoras de baldios, entidades coletivas de gestão florestal e outras entidades públicas  50 % 45 % 40 % 90 % 85 % 80 %
Restantes beneficiários 50 % 45 % 40 % 85 % 80 % 75 %

OS NOSSOS SERVIÇOS:

Enquadramento da Pré-Candidatura

Instrução ou Submissão da Candidatura

Acompanhamento na Contratualização

Apoio Técnico à Implementação