SIFIDE II - Apoio à Investigação e Desenvolvimento Empresarial

SIFIDE II - Apoio à Investigação e Desenvolvimento Empresarial

Apoio à Investigação e Desenvolvimento Empresarial

SIFID II

 

Incentivo Fiscal até 82,5% do Investimento em I&D

não reembolsável

ABERTO ATÉ 30 DE JULHO

 

 

O que é:

 

É um incentivo fiscal que visa apoiar as atividades de investigação e desenvolvimento (I&D) relacionadas com melhoria de um produto, processo, programa ou de um equipamento.

 

 

A quem se destina:

 

Sujeitos passivos de IRC residentes em território português (e os não residentes com estabelecimento estável nesse território) que exerçam uma atividade de natureza agrícola, industrial, comercial e de serviços que tenham despesas com investigação e desenvolvimento (I&D).

 

 

O que apoia:

 

Despesas de investigação, as realizadas pelo sujeito passivo de IRC com vista à aquisição de novos conhecimentos científicos ou técnicos, por exemplo:

 

  • Despesas com pessoal diretamente envolvido em tarefas de I&D (20% de majoração para doutorados);

 

  • Despesas de funcionamento, até ao máximo de 55% das despesas com o pessoal diretamente envolvido em tarefas de I&D contabilizadas a título de remunerações ou salários, respeitantes ao exercício;

 

Despesas de desenvolvimento realizadas, que permitam a exploração comercial dos resultados dos trabalhos de investigação ou de outros conhecimentos científicos ou técnicos com vista à descoberta ou melhoria substancial de matérias-primas, produtos, serviços ou processos de fabrico, por exemplo:

 

  • Custos com registo e manutenção de patentes – apenas para micro, pequenas e médias empresas;

 

  • Despesas com a aquisição e manutenção de patentes que sejam predominantemente destinadas à realização de atividades de I&D;

 

  • Despesas com auditoria à I&D;

 

 

Área geográfica de abrangência:

 

O Programa de Apoio abrange todo o território nacional.

 

 

Valor de investimentos e apoios:

 

O apoio permite recuperar até 82,5% do Investimento em I&D, na parte que não tenha sido objeto de comparticipação financeira do Estado a fundo perdido, realizadas nos períodos de tributação de 1 de janeiro de 2013 a 31 de dezembro de 2025, de acordo com as seguintes taxas:

 

  • Taxa Base: Dedução fiscal aplicável à despesa total em I&D no ano corrente – 32,5%;

 

  • Taxa Incremental: 50% do aumento da despesa face à média dos dois anos anteriores (máximo de 1.500.000,00 €)

 

Para os sujeitos passivos de IRC que sejam PME, que ainda não completaram dois exercícios e não beneficiaram da Taxa Incremental, aplica-se uma majoração de 15% à Taxa Base (47,5%).

 

 

Como a TA Consulting pode ajudar?

 

A TA Consulting, como mais de 20 de experiência em Consultoria e Submissão de projetos a Sistemas de Incentivo, após uma análise de viabilidade sem qualquer custo, os nossos serviços conseguem adequar as suas necessidades e ideias, e enquadrá-las da melhor forma ao que é solicitado pelo regulamento do aviso, construindo uma candidatura com enorme potencial de aprovação, possibilitando-lhe a obtenção de recursos valiosos para a realização de programas e projetos estratégicos da sua Instituição.

OS NOSSOS SERVIÇOS:

Enquadramento da Pré-Candidatura

Instrução ou Submissão da Candidatura

Acompanhamento na Contratualização

Apoio Técnico à Implementação

Enquadramento
da Pré-Candidatura

Instrução ou Submissão da Candidatura

Acompanhamento na Contratualização

Apoio Técnico à
Implementação